Para traduzir / to translate

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

O jogador de futebol Kaka e Carol Celico desfazem o divórcio e reatam o casamento

O jogador de futebol Kaka e Carol Celico desfazem o divórcio e reatam o casamento

O casal ficou separado por mais de um mês, os motivos não foram revelados

Kaká e Carol Celico reatam casamento
Na madrugada desta terça-feira (30) o jogador Kaká e a socialite Carol Celico postaram uma foto nas redes sociais mostrando que eles reataram o casamento.
Foram mais de 30 dias separados até que eles resolveram dar uma nova chance para o relacionamento que dura mais de 12 anos. Na legenda da foto Carol escreveu em inglês a frase “felizes para sempre” mostrando um momento de carinho entre eles.
O jogador copiou a mesma imagem e anunciou aos seus fãs de todo o mundo que eles estão juntos e que assim pretendem ficar para sempre.
Os rumores da separação foram difundidos na imprensa desde junho, mas ambos negavam qualquer tipo de crise no casamento até que em novembro uma pequena nota confirmou que eles estavam se separando. Inclusive as exigências judiciais a respeito da guarda das crianças foi publicada por sites e jornais de celebridades.
O casal e os dois filhos, Luca, 5 anos, e Isabela, 3, estão viajando para comemorar o Ano Novo e pelo Instagram mostram que estão juntos desde o Natal quando a família de Kaká e Carol Celico celebram o nascimento de Jesus em uma reunião íntima.
Comentário: Eles eram e são um belo casal e família, Kaká um ótimo profissional do futebol de sucesso e rico, apesar das diferenças e crenças, e conceitos sociais eles se casaram na igreja, seguiam a sã doutrina e casaram virgens e isso tem seu valor, mais não é o suficiente para se consolidar uma família, e a união estável, que para tal deve ter os valores de Deus acima de tudo o amor e o respeito ao próximo, o mais vem a reboque. O Deus que os cristãos servem é um Deus que abomina, e odeia o divórcio, Malaquias 2:16 e restaura qualquer tipo de causa e de qualquer casal, ainda mais quando ambos são cristãos e conhecem esta verdade; o que Deus uniu não separe o homem Marcos 10:9. Eu mesmo sou prova disso, apesar de estar com todos os preparativos enxoval de casamento completo, tivemos alguns desentendimentos bobos e banais que culminou na separação e fiquei separado da minha noiva Débora por tês anos, e por obra e graça de Deus reatamos e estamos casados e com uma filha a 16 anos.
Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.
E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;
Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação.
De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.
Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

2 Coríntios 5:17-21


Deus abençoe a todos!

Feliz ano Novo 2015 a todos!

Feliz ano Novo 2015 a todos! 

Eu desejo a todos do meu blog e redes sociais, um feliz ano novo com bastante saúde,  

harmonia e conquistas com as bênçãos de nosso Senhor e salvador Jesus Cristo!



segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Muçulmano busca Alá e encontra Jesus

Muçulmano busca Alá e Jesus Encontra

Programa da CBN News, de Pat Robertson, relata Sobre Experiência de muçulmano, that Teve hum Encontro com Jesus e foi libertado do islamismo.
Divulgação: Julio Severo

André Catalau deixou as drogas e rock and roll hoje é pastor do campeão de surfe Gabriel Medina

André Catalau deixou as drogas e rock and roll hoje é pastor do campeão de surfe Gabriel Medina

A igreja que Gabriel Medina frequenta em Boiçucanga não poderia ser mais apropriada para um campeão do WCT. Do púlpito, formado por uma prancha de surfe invertida, o pastor não abandona as gírias praianas nem mesmo na hora de cativar os seus fiéis. "A nossa filosofia é a Bíblia, tá ligado? É Jesus andando na areia, surfando - porque ele andou em cima da água, então foi o primeiro surfista da humanidade -, conversando, assando um peixe, fazendo os seus milagres aqui e ali", explica o pastor André Catalau com uma serenidade que contrasta com o seu passado turbulento.
Pastor da Igreja Evangélica Bola de Neve de Boiçucaga desde 2001 (ele colaborou com a fundação dessa unidade, a primeira criada após a matriz em São Paulo, quando deu "um rolê pelo litoral"), André Catalau foi usuário de drogas dos 12 aos 38 anos. "Eu era cantor de rock, e isso é um passaporte carimbado para a loucura, com tudo pago. Pirei mesmo. Já tinha uma tendência, porque a minha família é americana, muito liberal. Pô, perdi a minha irmã de overdose. O meu irmão, de cirrose. E eu estava no mesmo caminho. Queria morrer, descansar. Tive várias internações psiquiátricas, fui preso", conta, aos 55 anos, com o orgulho de quem diz não ingerir nenhum alucinógeno há mais de 15.A banda paulistana que Catalau liderava era o Golpe de Estado, formada em 1985. O grupo de hard rock, com influências do blues e do heavy metal, marcou época no cenário underground. Chegou a abrir um show para os ingleses do Deep Purple e a fazer algumas aparições na televisão, como no programa de entrevistas comandado por Jô Soares. O declínio coincidiu com o apogeu do vício do vocalista, já cobrado por seus companheiros por faltar em shows e ensaios.
Catalau encontrou outro rumo para a sua vida quando estava debaixo do Minhocão, em São Paulo, com um cachimbo de crack na boca. "Meu tio foi lá me buscar e me levou para um centro de reabilitação evangélico. Pô, eu acabava de ter uma PT, uma perda total. Meu pai, o cara que me bancou e me mimava, estava em uma cadeira de rodas", lembra. "E eu tinha um alto luxo em Higienópolis e descia para fumar pedra. Também estava viciado em sexo. O meu alcoolismo era aquele negócio de acordar de manhã e ter que tomar alguma coisa. Aí, depois, vinha a internação. Era uma cultura, né, brother? Os caras achavam legal cantor de rock ser muito louco, internado e tal", acrescenta.
Já bem diferente do perfil de roqueiro, Catalau se vestiu de terno quando aceitou ser tratado na Assembleia de Deus do Bom Retiro. "Fazia tudo de boa, sem questionar." Apesar de ter demorado a se sentir à vontade naquele ambiente. "As pessoas olham para os crentes e acham uma parada louca.
 É muita viagem. Eu também pensava assim. Não cometi nenhum suicídio intelectual", avisa. Ele começou a ler a Bíblia e outras obras evangélicas para contrapor os pastores com quem lidava. "Mas fuidixavando tudo e pensei: que irado, que irado! Percebi que o errado era eu, que 80% da doença da dependência vêm do espírito", calcula. 

Na Bola de Neve de Boiçucanga, não há motivo para jovens como Gabriel Medina se sentirem surfistas fora d’água. O pastor André Catalau se preocupa até em se vestir com as roupas esportivas que patrocinam o campeão do WCT (comprou de última hora uma camiseta regata e uma bermuda com a assinatura do novo ídolo nacional na loja da família de Miguel Pupo, 19º do mundo) apenas para conversar com a Gazeta Esportiva no litoral norte de São Paulo. Depois desse compromisso, ele ainda pegaria onda na praia da Baleia e demonstraria já alguma intimidade com a prancha - ao contrário dos tempos em que "era o maior calhordão, colocava uma parada no cabelo e surfava só para se mostrar para as menininhas".
Foi também o jeito extrovertido de Catalau que atraiu Simone Medina, mãe de Gabriel, à Bola de Neve. 
 
A confiança no ex-usuário de drogas é tamanha que ele chegou a celebrar o casamento religioso entre ela e Charles Serrano (padrasto do campeão mundial de surfe), em uma cerimônia ao ar livre em Maresias. "A palavra foi irada, sobre proteger o amor deles. Eles se emocionaram muito. Estava crowd (cheio), com toda a galera do surfe presente", relembra o antigo líder do Golpe de Estado, cujo filho caçula, André, estuda na mesma escola da herdeira do casal, Sophia.
Guru de Gabriel Medina na conquista do WCT e agora incentivador da carreira de Sophia, Charles não é evangélico, mas aprova que o pupilo se escore na religião para fazer sucesso nos mares. O surfista aumentou a sua crença na primeira vez em que pisou na Bola de Neve, de acordo com Catalau, em 2011. "O Gabriel havia torcido o pé e me pediu uma oração para ficar legal, já que correria uma etapa em Hossegor, na França. Está limpo, né? Mas, aí, ouvi uma voz na minha cabeça: ‘Fala que vou dar esse troféu para ele’. Sou meio cabreiro... Queria ficar na minha, mas contei: ‘Essa manobra que você está tentando vai te dar o título’", narra o pastor. Na lembrança de Catalau, Gabriel ficou com os olhos arregalados depois daquela premonição, uma vez que não teria revelado para ninguém (além do padrasto Charles) o ensaio de uma nova manobra. Simone também se surpreendeu. Já no Brasil depois de ser campeão na França, o surfista ofereceu um café em sua casa para o pastor da Bola de Neve. E quebrou a máquina da mãe. "Caiu café para tudo quanto é lado. 
Foi sensacional. A gente se divertiu como duas crianças. Ele é um menino bom, sem maldade. Quando vai fazer exame antidoping, diz que o máximo que pode acusar ali é um chocolate quente. Pô, que delícia ouvir isso", sorri.
Entre um café e um chocolate quente, Gabriel Medina vai à Bola de Neve de Boiçucanga sempre que possível, apesar do assédio dos demais fiéis. Também gosta de receber visitas do pastor em sua casa antes de viajar para competir. Só não foi batizado pela igreja nas águas de Maresias, como ocorreu com a sua mãe e com toda a família de surfistas Pupo. "Isso vai acontecer no tempo dele", diz Catalau. "O Gabriel já reconhece que tudo que aconteceu não foi só por força própria. Temos um monte de garotos que surfam para caramba aqui. Por que esse é o campeão mundial? Ele sabe que foi por causa de Deus. Tem mais fé em Deus do que no surfe dele, tá ligado? Foi isso que o levou ao topo", completa.

A fé que conduziu Gabriel Medina ao título mundial foi a mesma que tirou André Catalau das drogas e do rock. A exemplo do que ocorre com o amigo Rodolfo Abrantes, antigo líder da banda Raimundos, a sua mudança de vida ainda causa estranheza nos ex-companheiros do Golpe de Estado. "Pensam que pirei, que cheguei ao último degrau da loucura. E cheguei mesmo, graças a Deus, que me botou em uma parada diferente. Não carrego os meus legados malditos", agradece, apesar de demorar a convencer alguns fãs. Uma delas, preocupada em acabar com o vício do marido em drogas, o levou até a Bola de Neve e desesperou-se quando descobriu quem era o pastor: "O Catalau? Do Golpe? Isso é baixaria! O cara é muito louco! Você precisando parar de fumar e vai ver o Catalau?".O receio é desnecessário, garante André Catalau. "Hoje, entro em boteco, vejo os caras fumando e cheirando, vou a biqueiras buscar os meninos, me chamam na cadeia para falar com o pessoal... E é tranquilo. O antigo Catalau não faz mais parte da minha natureza", prega o pastor, para quem o campeão mundial Gabriel Medina virou o novo exemplo para tratar jovens drogados do litoral norte de São Paulo. Do alto do seu púlpito de prancha de surfe, ele agora encara como uma missão salvar esses dependentes e formar cidadãos um atrás do outro. Como uma bola de neve.


Veja também, outro artigo relacionado neste blog:

PELA PRIMEIRA VEZ UM BRASILEIRO PODE SER CAMPEÃO DO MUNDO DE SURF 

domingo, 21 de dezembro de 2014

[Filme] Billy Graham - O embaixador de Deus

[Filme] Billy Graham - O Embaixador de Deus



Este apresentar Produção VEM Billy Graham, um pregador evangélico norte-americano Nascido em 7 de Novembro de 1918 em Charlotte, Carolina do Norte. Ele foi conselheiro espiritual de Vários Presidentes Americanos e Ainda o Mais proeminente Membro da "Convenção Batista Sulista dos EUA". 
Esta Produção Mostra O Que Deus é Capaz De Realizar atraves de Quem dedicou SUA vida a Cumprir Sua Soberana Vontade. Mais do Que hum Líder espiritual reverenciado e influente, Billy Graham foi, Acima de Tudo, um pescador de Homens. Seu Rosto é Sua voz São mundialmente reconhecidos. Mas Billy sempre preferiu que Como atenções estivessem voltadas Ao Seu mestre Jesus Cristo. Sua História PODE Ser Ágora conferida Nesta Produção.

Aleluia! O Nosso Deus Reina e reinou na vida e Ministério pastoral, Missionário e evangelístico of this servo de Deus Billy Graham. E Bem provável Que este tenha Sido O Mensageiro do evangelho Que tenha Mais Falado, discursado e Anunciado Como Boas Novas Como Nações Diversas e multidões Ao Redor do Mundo TODO. SEUs Grandes Feitos e Obras estao ai Filme Neste, Nesta biografia, that also PODE Ser Aceito Como Testemunho de vida, e amor a Deus e Ao Próximo.
Deus abençoe a Todos em o Nome do Senhor Jesus Cristo !

Desde muito pequeno criancinha, minha  querida mãe Esli já me levava para as cruzadas evangelísticas deste homem de Deus Billy Graham no estádio do Maracanã. 
Certam Vez eu ouvi o presidente da convenção Mundial Batista dizer que foi visitar a casa do pastor Billy Graham Nos Estados Unidos da América, e este presidente Batista pensava Que Iria conhecer a mansão casarão com muitos quartos e piscinas e carros nas garagens num condomínio de luxo cheio de seguranças patrulhando e ao chegar se surpreendeu, pois a casa em que Billy Graham mora é uma pequena casa de madeira no alto de uma montanha, e nem piscina tinha, e pode compreender Como este Homem era humilde e colocou seus bens e economia a disposição da  expansão  do Reino de Cristo Ao Redor do Mundo. 

Mas Deus escolheu Como Coisas loucas Deste Mundo Pará confundir Como sabiás; e Deus escolheu Como Coisas briga Deste Mundo Pará confundir Tão fortes;  E Deus escolheu Como Coisas vis Deste Mundo, e Como desprezíveis, e Como Que Não São, Paragrafo aniquilar Como Que São;  . Para Que nenhuma carne se glorie perante ELE  Mas Vos sois DELE, em Jesus Cristo, o Qual NÓS foi Feito POR Deus Sabedoria, e Justiça, e santificação, e Redenção;  Para Que, como está Escrito: Aquele Que se gloria glorie-se no Senhor 
1 Corintios 1: 27-31




Veja aqui outro artigo semelhante a este:  

Aos 95 anos, evangelista Billy Graham se aproxima de SUA jornal Última ministração

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Pr. Silas é considerado um dos 100 brasileiros mais influentes de 2014

Pr. Silas é considerado um dos 100 brasileiros mais influentes de 2014

Imagem: divulgação
A revista Época elegeu o pastor Silas Malafaia como um dos 100 brasileiros mais influentes de 2014. Inserido na categoria “líderes”, o presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo é o único pastor evangélico listado nesta seleção e conquista este título pelo terceiro ano (2011/2012/2014).
A edição traz outro evangélico no ranking: o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Na publicação, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) enalteceu a atuação do pastor Silas na preservação dos valores familiares. “Ao estabelecer um contraponto à crise moral imposta pelo governo, com convicções firmes, Silas se tornou uma referência na defesa da família tradicional, da vida e da liberdade. Representa o pensamento de milhões de brasileiros que se preocupam com o futuro de nosso país”, disse o parlamentar.
Imagem: DivulgaçãoPr. Silas comenta
Tenho plena convicção que tudo que sou, tenho e faço é permissão de Deus. E a ele tributamos toda honra e toda glória. Tenho certeza que só estou nessa lista devido à grandeza dos evangélicos no Brasil. Se não, não estaria lá.
Sinta-se participante dessa honra!
À DEUS SEJA A GLÓRIA! 




ComentárioAleluia! O pastor Silas Malafaia merece esta honra de ser um dos homens cristãos mais influente do Brasil, pois a muito tem defendido a moral, a família tradicional e a fé cristã. E por isso me incluo neste grupo, sempre que posso coloco e acompanho ele nas redes nos eventos e no meu blog.
Posso não concordar com tudo que o Silas Malafaia fez e falou ao longo da sua trajetória religioso e social, mais o que nos aproxima e nos une é maior do que aquilo que nos separa e nos difere, a fem nosso Senhor Jesus Cristo, as bases da nossas crenças e valores, e a busca da verdade, da igualdade, do equilíbrio social e espiritual.

Veja alguns artigos neste blog relacionados ao pastor Silas Malafaia:

Pr. Silas Malafaia organiza grande manifestação em Brasília; participe!

Passeata e protestos pacíficos, os evangélicos fizeram primeiro em 5/Junho/2013


Vem aí ‘Marcha para Jesus 2013′ no Rio de Janeiro e no Brasil!

Marcha Para Jesus 2013 São Paulo a mais expressiva marcha para Jesus do mundo



SILAS MALAFAIA CHAMA DILMA DE HIPÓCRITA POR DIZER QUE IRA APOIAR IGREJAS

JUSTIÇA ANULA CASSAÇÃO DE PSICÓLOGA ACUSADA DE OFERECER “CURA GAY”


O DIABO INVENTOU A MENTIRA, E DILMA E O PT APERFEIÇOARAM, DIZ SILAS MALAFAIA!

E MUITO GRAVE O QUE ESTA ACONTECENDO NO BRASIL!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Só um genuíno arrependimento nacional pode abrir o Brasil para o Deus que salva em todas as áreas — inclusive política.

Só um genuíno arrependimento nacional pode abrir o Brasil para o Deus que salva em todas as áreas — inclusive política.

Julio Severo
Na década de 1930, a Alemanha democrática estava em profunda crise econômica. Os comunistas aproveitaram a democracia e a crise para tentar vencer as eleições. Como única opção contra a ameaça comunista, surgiu no cenário político Adolf Hitler, que acabou atraindo o apoio de muitos direitistas, inclusive líderes luteranos. O que ninguém queria ver é que, apesar de ele ser a única ‘oposição’ política ao comunismo soviético, ele também era socialista. O Partido Nazista era o Partido dos Trabalhadores Nacional Socialista. Na Alemanha, o remédio ficou pior do que a doença.
A Igreja da Alemanha, em sua grande parte, não compreendeu que a opção eleitoral entre comunistas e Hitler não era escolher um, mas recorrer a Deus num arrependimento nacional. Nem os comunistas nem Hitler era solução. Só Deus era.
A Igreja da Alemanha também não compreendeu que precisava assumir uma postura forte contra a propaganda antijudaica de Hitler, que pintava os judeus como ‘conspiradores’ comunistas, inclusive usando opiniões expressas de Martinho Lutero contra os judeus.
O desespero anticomunista levou à tragédia hitleriana e ao Holocausto. A solução acabou ficando pior do que o problema.
Não havia solução política eleitoral. Só um arrependimento nacional poderia ajudar.
Para Hitler, que era antijudeu, ficou fácil ele e seu radicalismo serem uma opção anticomunista para a direita alemã. A União Soviética, que estava espalhando seu comunismo ao mundo, tinha judeus em elevados postos em seu governo e no temível Exército Vermelho. O papel dos judeus no comunismo soviético só fortalecia a propaganda nazista contra “conspirações judaicas.” Para Hitler, combater o comunismo soviético equivalia a combater os judeus e vice-versa.
A presença forte dos judeus no governo e sustentação da União Soviética era prova de que os judeus eram tão falíveis quanto os luteranos alemães. Se a escolha humana dos luteranos alemães era entre Hitler e os comunistas soviéticos, a escolha dos milhares de judeus russos era entre o governo do czar, que os perseguia violentamente, ou apoiar revoluções marxistas violentas que derrubariam o czar e instaurariam um governo que desse liberdade igual aos judeus.
De fato, nas primeiras décadas o regime soviético deteve as perseguições aos judeus e lhes deu oportunidades iguais de emprego e direitos. Embora a situação dos judeus tivesse melhorado muito, o regime soviético não era a solução política de Deus para eles e para a Rússia.
Só Deus era a verdadeira solução, mas a Igreja da Rússia não tinha visão para ver a importância da questão da perseguição aos judeus. Não era necessário se criar uma União Soviética para proteger os judeus e seus direitos. Tudo o que era necessário era a Igreja compreender seu papel e agir, chamando a nação ao arrependimento.
A Igreja na Rússia não socorreu os judeus, e o desespero levou os judeus a optar pela “solução” comunista soviética. A solução acabou ficando pior do que o problema.
Não havia solução política. Só um arrependimento nacional poderia ajudar.
No Brasil, não é diferente. Na última eleição presidencial, havia duas opções políticas. Um dos partidos ameaçava estabelecer os infames conselhos populares, que seguem o modelo soviético. O outro partido, que aparentava ser oposição para quem queria ser enganado, acabou criando, no seu maior reduto político do Brasil — o Estado de São Paulo —, os mesmos conselhos populares socialistas. Pior: a agenda homossexual tirânica socialista avançou nesse reduto sem quase nenhuma oposição. Socialismo engomadinho de um lado e socialismo metalúrgico do outro.
Não havia solução política eleitoral. Só um arrependimento nacional poderia ajudar.
Até mesmo os que diziam crer em visões, profecias e arrependimento caíram no redemoinho político, apoiando como “solução para o Brasil” um candidato socialista verde que acreditavam ser credenciado pelo fato de que escapou de um acidente de avião — fato interpretado por eles como “sinal de Deus.”
Sinal de Deus? O fato de uma pessoa ter escapado de um acidente é evidência suficiente de que ela é uma escolhida de Deus e tem um chamado político de Deus? Houve 27 tentativas de assassinar Adolf Hitler, que — recordemos — tinha apoio de muitos católicos e luteranos. Havia exceções. O Rev. Dietrich Bonhoeffer, pastor luterano, participou de movimentos que visavam matar Hitler. Os movimentos fracassaram e Bonhoeffer acabou num campo de concentração, sendo torturado e morto.
O corajoso coronel católico Claus von Stauffenberg tentou matar Hitler várias vezes. Num voo com Hitler, ele estava com uma bomba, para se matar e levar junto o ditador nazista. Mas a bomba não acionou. Na última tentativa, no quartel-general “Toca do Lobo,” a bomba funcionou, matando vários militares de alta patente. Mas Hitler saiu vivo, e condenou a torturas e morte Stauffenberg e seus colaboradores. Hitler via sua sobrevivência aos vários atentados como ‘milagres’ e ‘evidência’ de que havia um plano e chamado maior para a vida dele.
Hitler experimentou 27 desses ‘sinais’ e ‘milagres,’ mas nunca houve nenhum plano ou chamado de Deus realizado na vida dele.
No caso brasileiro, os ‘profetas’ achavam que tinham a mesma abundância de ‘sinais’ e ‘milagres.’ Massuas profecias de ‘solução’ não se cumpriram. Só um genuíno arrependimento nacional poderia ajudar.
E agora? O desespero chegou a tal ponto que alguns direitistas chegaram a recorrer ao Obama. De ameaça socialista para os EUA, Obama passou para ‘solução’ contra o governo socialista do Brasil! O mesmo desespero político, que deixou cegos os luteranos da Alemanha e os judeus da Rússia, cegou muitos brasileiros.
Com documentos que o governo de Obama entregou ao governo de Dilma, a Comissão Nacional da ‘Verdade’ pôde concluir com significativa rapidez seus ‘trabalhos,’ incriminando os militares e inocentando os criminosos comunistas.
Não havia esperança política em Obama. Só um genuíno arrependimento nacional poderia ajudar.
Os militares poderiam ser a única solução? É inegável a importância deles na década de 1960 salvando o Brasil de uma ameaça comunista. Mas, excetuando esse papel fundamental, eles não representaram em outros aspectos um governo ideal. Em 1979, no governo militar de Ernesto Geisel, o Brasil abriu as portas para uma representação oficial da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) em Brasília. Foi a primeira vez em sua história que o Brasil deu apoio ao terrorismo islâmico, um ato que deveria chocar todo brasileiro decente.
O Brasil sob governo militar tem também um histórico de votações hostis a Israel na ONU. O motivo é simples: a indústria militar brasileira tinha um mercado próspero em países muçulmanos do Oriente Médio. O Brasil fornecia material bélico para as guerras e lutas islâmicas daquela região. Para agradar a esses clientes instáveis e raivosos, os militares brasileiros precisavam desagradar Israel, inclusive permitindo em Brasília um escritório da OLP, organização terrorista muçulmana responsável pelo massacre de muitos homens, mulheres e crianças de Israel.
Essa não foi a primeira vez que os militares brasileiros erraram. Dom Pedro II, que foi o governante brasileiro que mais respeitou os judeus, foi derrubado pelos militares.
Podemos então louvar os militares por terem livrado o Brasil da ameaça comunista. Mas no que eles erraram contra os judeus, eles não merecem nenhum louvor.
Mesmo assim, desesperados, muitos brasileiros preferem uma solução militar. Outros, no mesmo desespero, apelam para o socialismo engomadinho ou verde ou qualquer outra coisa que lhes sirva de tábua de salvação.
Qual é então a solução para o desespero político de milhões de brasileiros?
Pergunte aos judeus da Rússia, que fizeram sua solução política contra as perseguições antijudaicas: A União Soviética.
Pergunte aos luteranos e católicos da Alemanha, que fizeram sua solução política contra a ameaça comunista soviética e a ‘ameaça’ judaica: Adolf Hitler.
O desespero político pode levar a soluções políticas que resultam em tragédias. Provas históricas não faltam.
Mas o arrependimento traz a visitação de Deus.

Só um genuíno arrependimento nacional pode abrir o Brasil para o Deus que salva em todas as áreas — inclusive política.

Comento: Ótimo artigo do irmão Julio Severo!

O povo tem que aprender com seus erros, e mudar de direção, como cidadãos e cristãos temos todos que cumprir com nosso deveres, pagar nossas contas, dar a Cezar o que e de Cezar e a Deus o que é de Deus. Além também das leis naturais, de não roubar, nao matar e não se corromper, devemos ajudar aqueles que precisam de nossa ajuda, o orfão a viuva, e faminto, as organizações e instituições naturais, sociais, politicas e espirituais, para consolidarmos uma nação forte, saudável, justa, econômica
 A solução para tudo, e para qualquer coisas isso é algo que faz parte dó buscar  aprender com aqueles que em nações e situações adversas buscaram em Deus a solução, se humilhando para aprender, pois todo que se humilha será exaltado, e os exaltados serão humilhados.





Um oficial da lei prega sobre Deus como Pai eterno

Igreja Russa protesta contra instalação do Olho de Sauron em Moscou

Igreja Russa protesta contra instalação do Olho de Sauron em Moscou

Nas obras de J.R.R. Tolkien o olho é controlado pelo senhor das trevas, o que para a Igreja significar o próprio diabo

por Leiliane Roberta Lopes
Igreja Russa protesta contra instalação do Olho de Sauron em Moscou
A Igreja Ortodoxa Russa resolveu se manifestar contra a instalação de uma luz em um prédio de Moscou inspirada no “olho que tudo vê” dos romances de J.R.R. Tolkien, autor da saga “O Senhor dos Anéis”, “O Hobbit” e outros sucessos de fantasia.
Para a igreja se o Olho de Sauron for instalado no prédio da capital o país sofrerá consequências terríveis, pois  se trata do “símbolo do demônio” segundo declarações feitas por Vesevolod Chaplin, responsável pelas relações públicas da igreja.
“Um símbolo do triunfo do mal está surgindo na cidade e se transformando em seu objeto mais alto. Isso é bom ou ruim? Eu receio que seja ruim. Não se surpreendam se alguma coisa der errado na cidade depois”, disse ele na rádio “Gorovit, Moskva”.
O Olho de Sauron aparece no filme “O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos” e também na trilogia de “O Senhor dos Anéis” sendo um olho gigante que é controlado pelo “senhor das trevas”.
O projeto é instalar uma esfera de 10 m no topo de um edifício tendo luzes projetadas na parte de trás para dar o mesmo efeito 3D que é visto no filme, como se o olho fosse formado por chamas de fogo.
A instalação seria uma forma de promover o filme de O Hobbit que é a última parte da trilogia que atrai fãs do mundo inteiro, mas a Igreja não acredita apenas no interesse comercial do projeto.
Comento: Esta igreja está correta no seu direito democrático de protestar, de criticar, pois a palavra de Deus nos garante; E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe. Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta. Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Efésios 5:11-14
OLHO DE HÓRUS MAIS CONHECIDO NA MAÇONARIA.....SIMBOLO SATANICO O DIABO QUERENDO VIGIAR O POVO. 
Realmente é estranho, porque colocar o olho de saurom, que é o Senhor das trevas e deseja destruir a terra média? Tem algo por traz? Talvez possa ser apenas coisa de fan club, mas talvez sim. Porque não colocaram o querido Hobbit com a sua espada a ferruada a destruidora de orcs? ficaria melhor. Porem essa igreja ai, não pode obrigar ninguém a tirar ou por isso, a igreja pode protestar sim, cada um é livre pra expressar o que pensa e o que gosta, cada um no seu quadrado.
Alguém dúvida que o anticristo está se aproximando, isso é questão de tempo, e acredito que eles vão fazer esse olho de sauron e ninguém vai poder impedir tudo isso já é o cenário para o anticristo, o Salvador está voltando. Jesus está voltando!


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Judeus messiânicos se convertem ao messias Cristo ganha força em Israel

Judeus messiânicos se convertem ao messias Cristo ganha força em Israel

Judaísmo Messiânico




Tempo de adoração no Emmanuel messiânico Congregação Judaica ( Barry Rubin )

Nas últimas décadas, o Judaísmo Messiânico, um movimento de judeus que aceitaram Yeshua (Jesus) como Messias e continuaram a abraçar seu judaísmo, tem vindo a crescer de forma constante, especialmente nos Estados Unidos.

Os judeus têm vindo a fé em Yeshua, durante séculos, cada vez mais, depois que Israel se tornou uma realidade novamente no final de 1800 com o movimento sionista. Depois do Holocausto, quando Israel se tornou uma nação novamente em 1948, o número de judeus crentes em Yeshua tem vindo a aumentar em todo o mundo, quase na etapa de bloqueio com a imigração judaica para Israel.

Mas qual é o estado do Judaísmo Messiânico em Israel?
Porque Israel está em uma área extremamente perigosa do mundo, cercado por países árabes que têm ameaçado o seu extermínio, os judeus não viver com uma certa dose de ansiedade. Em que a próxima Intifada acontecer? Que país iria declarar o seu desejo de empurrar Israel para o mar? Em que foguetes do Hamas voar novamente?
Viver com essas preocupações, as pessoas tornaram-se cauteloso sobre "outsiders", especialmente depois de quase dois milênios de "cristão" anti-semitismo. Assim, as missões cristãs para os judeus de Israel muitas vezes foram atendidos com suspeita.No entanto, alguns têm sido bem sucedidas, especialmente se eles são sensíveis ao e de suporte do judaísmo messiânico.
Há missões judaicas anglicanos históricos do Reino Unido. Rei dos Reis ( kkcj.org ) é um ministério congregacional das Assembléias Pentecostais do Canadá. O Centro de Caspari ( caspari.com ) é uma missão escandinava Luterana aos judeus. Christian Witness to Israel ( cwi.org.uk ) patrocina Graça e Verdade congregação em Rishon L'Tzion. Eles também publicam livros, como faz Keren Yeshua.
Missões judeus modernos também são ativos em Israel. Judeus por Jesus (jewsforjesus.org ) tem um novo centro em Tel Aviv. A Fundação judeu Christian (cjfm.org ), não só o trabalho missionário, ele também suporta um número de pastores nacionais. Povo Escolhido Ministries ( chosenpeople.com ) tem centros em Jerusalém e Tel Aviv e congregações em Jerusalém, Tel Aviv, Ashkelon, Ashdod e Ariel.Maoz ( maozisrael.org ) é uma organização israelense que publica livros em hebraico e apoia Israel enquanto ajudando povo judeu cumprir seu Messias. Há outros também, mas, como a maioria das missões no exterior, obras indígenas tiveram mais sucesso. Em nenhum lugar isso é mais verdadeiro do que em Israel.
O trabalho evangelístico primário em Israel não é através de missões. Ele está sendo feito através de congregações messiânicas locais. Os maiores estão em Tiberias, K'far Saba, Netanya, Jerusalém e Joffa. Há mais de 150 congregações em Israel com até 15.000 messiânicos crentes judeus, dos quais cerca de 60 por cento falam o russo como sua primeira língua.
O crescimento no número de congregações tem aumentado ao longo dos últimos 20 anos, como aconteceu nos Estados Unidos e em outros países. Quase todos os anos, outra congregação indígena ou duas molas, e à medida que mais e mais judeus de todo o mundo volta para casa, isto só irá aumentar.
Israel é um país pequeno-sobre o tamanho de New Jersey-so estas congregações são facilmente notados por seus colegas israelenses. Mais e mais, Israel está cada vez mais consciente de que há judeus que confiam em Jesus como o Messias e Salvador, tanto quanto era na época do Novo Testamento.
Estas congregações judaicas messiânicas estão agora liderada por israelenses, mesmo que eles podem ter uma mistura de judeus e gentios. A maioria dos serviços são em hebraico (às vezes russo, amárico, francês ou espanhol). A música também é indígena, como é o estilo de adoração -muito israelense. As melodias têm um tom distintamente Oriente Médio para eles. A maioria se reunir no sábado, quando judeus mantêm geralmente cultos. Estas congregações de Yeshua seguidores são claramente judaica.
Judeus messiânicos estão ganhando mais aceitação em Israel. Em vez de serem vistos como ameaças para os israelenses, devido a preconceitos que remontam 2.000 anos, eles são reconhecidos como amigos, concidadãos, e uma parte ativa da sociedade israelense. Em parte, a base para esta foi colocada pelo trabalho benevolência de grupos como povo escolhido Ministries ( chosenpeople.com ), The Joseph Storehouse ( www.visionforisrael.com ), o judeu messiânico Alliance of Joseph Projeto da América ( mjaa.org ) e outras obras semelhantes.
Israelenses, que foram especialmente contestados durante as guerras com o Líbano, o Hamas e os altos impostos usados ​​para pagar a defesa, somos gratos a judeus messiânicos, às vezes, a despeito de si mesmos, para alimentos, roupas, remédios e outros suprimentos. Eles precisam da nossa ajuda. Esta é uma expressão muito tangível do amor de Messias. Judeus messiânicos estão sendo confiável o suficiente para permitir-lhes para ajudar materialmente Israel durante seus momentos mais difíceis.
Sabe-se que há muitos judeus messiânicos que servem no exército, na sua maioria filhos de imigrantes provenientes dos Estados Unidos e da Europa, que foram criados em Israel. Isso mostra a unidade com o povo, tanto assim que o funeral de um soldado judeu messiânico morto na última guerra foi bem atendido por líderes de Israel. Os jornais notou que ele era um judeu messiânico, parte de uma congregação na área de Haifa.
A especial de televisão com entrevistas de membros da Christian Moshav, Yad Hashmonah , foi amplamente observado. Ele incluía uma família judia messiânica celebrando o Shabat, etc., dando uma impressão muito boa de judeus messiânicos em Israel. Já não são seguidores de Yeshua vistos como pessoas para ficar longe.Agora, eles são abraçados como companheiros de luta na vida israelense.
Ao longo dos últimos séculos, por causa de todas as atrocidades feitas aos judeus, em nome de Jesus, o povo judeu ter evitado ter nada a ver com ele, seus seguidores, ou Seus ensinamentos. Era muito caro, muito arriscado. E em Israel, onde as pessoas são mais vulneráveis ​​a ataques, este é agudamente assim. Mas o judaísmo messiânico está mudando as coisas. Agora, os israelenses estão mais abertos a falar de Yeshua e considerando suas pretensões ao Messias.
Os líderes de congregações em Israel precisa de conexões com pastores no Ocidente.Muitos gostaria de receber oração, comunhão e apoio, por vezes, até mesmo financeiro para projetos especiais.
Pastores ocidentais têm muito para dar aos líderes messiânicos de Israel por meio de treinamento e orientação, bem como a oração. A maioria dos pastores de Israel não tem muito treinamento formal e se beneficiarão de uma parceria com os pastores não-israelenses. A maioria dos pastores israelenses são pioneiros e precisam de mentores espirituais mais experientes para orientá-los.
Encouragingly, a percepção de judeus messiânicos está passando por uma transformação constante em Israel nos dias de hoje, de um de desconfiança e aversão pura e simplesmente o reconhecimento e aceitação. Conhecendo o amor de Yeshua no coração dos messiânicos, a ponte entre eles e os judeus ortodoxos é cada vez menor o tempo todo. Portas para o coração, uma vez fechadas estão começando a abrir larga.  

Rabbi Barry Rubin é o presidente e editor da messiânicas judaicas Publishers e Recursos / Publicações judeus do Novo Testamento. Ele também é o Rabino da Congregação Judaica Messiânica Emmanuel.
Yeshua HaMashiach...Jesus,é o servo sofredor profetizado por Isaias(53),é o maravilhoso conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade, principe da paz, aquele que era, que é, e que há de vir, e virá buscar os seus eleitos.



Comento: Acho e acredito ser ótimo qualquer forma de evangelização, inclusive na língua e forma original, e do modo que Deus começou pelo povo Hebreu Judeus, tanto pelas leis como pelos profetas, reis, sacerdotes, até os tempos da graça. Veja como o Ap. Paulo usava desse artificio: E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei.
Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.
Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.
E eu faço isto por causa do evangelho, para ser também participante dele.
¶ Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.
E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível. 1 Coríntios 9:20-25


  
*Uma breve explicação sobre estes termos judaicos sobre a ótica dos cristãos 

1° O Messias quer dizer (Machia)UNGIDO, apesar de todos os reis e sacerdotes de ISRAEL serem ungidos com óleo, não são o MESSIAS, são figura do que iria vir, quer por imagem da lei, ou imagem do sagrado das coisas de Deus porém nunca a imagem exata de todas 
as coisas! Hereus 1: 3 e Mateus 5: 17

2° João Batista não duvidou, mais indagou o Senhor Jesus como ser ele o MESSIAS que iria vir?! Porque João mesmo anunciava e preparava o caminho do Messias!

3°Jesus apesar ser um Rei Ele não veio exclusivamente para ser um rei de ISRAEL, mais sim restaurar o reino de ISRAEL e o trono de Davi, por ser Cristo de uma pátria superior e indestrutível veio aqui como homem e cordeiro morrer pela humanidade a fim de salva-nos da morte eterna para a vida eterna!

4°Jesus era sim um Rei Tribal, segundo a tribo de Judá, e foi crucificado por afirmar ser Deus e Rei de ISRAEL. (I Pedro 2:9) - 
Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. 

5°Jesus não aniquilou as profecias de ISRAEL, Ele as cumpriu todas, e reformou-as leis! (Mateus 5:17) - Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir (Mateus 5:18) - Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido! Marcos 12:30 e MT 5:27

6º A reconstrução do templo de ISRAEL, isso é figurado, eu ja perguntei isso na  comunidade, para um amado pastor Pércio que tem duas igrejas em ISRAEL. Ele disse que nós somos a morada de Deus e Deus não precisas de templos feitos por mãos humanas para se manifestar!

O templo que os Judeus estão querendo reconstruir, é a réplica do de Salomão, para a vinda do MESSIAS, mais isso está um impasse e problema entre dois povos, Judeus e Muçulmanos, porque existe uma mesquita construída no lugar do antigo templo de 
Salomão, então quem irá reconstruir o templo são os Judeus e não o MESSIAS, pelo qual o anticristo irá destronar os atuais sacerdotes e reis e irá reinar, querendo adoração para si mesmo, e não para o Senhor Deus então o verdadeiro MESSIAS o vencerá e todas verão!