Para traduzir / to translate

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Há 70 anos um brasileiro na ONU, decreta Israel reconquistou o direito de nação

Há exatos 70 anos a Assembleia Geral da ONU, em sessão presidida pelo embaixador brasileiro Oswaldo Aranha, e com atuação decisiva do representante do Brasil 🇧🇷, Israel 🇮🇱 reconquistou o direito ao seu território e reafirmou-se como Nação.
Parabéns ao nosso Itamaraty.

Comentário: De fato foi um grande feito do nobre embaixador Oswaldo Aranha, ajudando a cumpri o direito constitucional r democratico e profetico, decretando Israel como reconquista de sua terra, hoje faz 70 anos deste marco!

14. Então a Palavra de <i>Yahweh</i> veio a mim nos seguintes termos:
15. “Filho do homem, teus irmãos, sim, teus próprios patrícios; os homens de teu parentesco, e toda a Casa de Israel, todos eles são os mesmos sobre os quais os habitantes de Jerusalém têm dito: “Eis que estais longe de <i>Yahweh</i>! É a nós que esta terra, de fato, foi concedida, para ser nossa propriedade exclusiva!’
16. Portanto, replica a eles: Assim diz <i>Yahweh</i>, o SENHOR Deus! Embora os tenha mandado para longe entre as nações e os tenha espalhado pelas terras, Eu mesmo lhes servirei de Santuário por algum tempo, nas terras para onde foram expatriados.
17. Sendo assim, afirma: Assim diz <i>Yahweh</i>, o SENHOR Deus! Eu vos ajuntarei dentre todas as nações para onde os desterrei e vos trarei de volta dessas terras para a terra de onde foram espalhados, e então, lhes devolverei a terra de Israel.
19. E lhes concederei um só coração; e colocarei dentro de cada um deles um novo espírito; retirarei deles o coração de pedra e lhes darei um coração de carne.
20. Então procederão de acordo com os meus decretos e princípios, e serão zelosos em obedecer as minhas leis. E assim, serão, de fato, o meu povo, e Eu serei o seu Deus!
(Ezequiel, 11)

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Islã é a religião oficial de 27 países, cristianismo tem 13

Islã é a religião oficial de 27 países, cristianismo tem 13


Islã é a religião oficial de 27 países; cristianismo em 13

O novo levantamento realizado pelo Centro de Pesquisas Pew, sediado em Washington, indica que mais de um em cada cinco países tem uma religião oficial, 43 no total.  A maioria, 27, é islâmica. O cristianismo é a religião oficial em 13 nações.
Segundo a pesquisa, 53% dos países não têm religião oficial ou preferida e quatro são francamente hostis à religião (China, Cuba, Coreia do Norte e Vietnã).
A maioria das nações que tem o islã como religião oficial estão no Oriente Médio e no Norte da África. Há dois budistas (Butão e Camboja) e um Estado oficialmente judeu (Israel). Nenhum país tem no hinduísmo sua religião oficial.
Os pesquisadores do Pew explicam que: “Em alguns casos, religiões oficiais têm papéis que são amplamente simbólicos. Mas, muitas vezes, a distinção vem com vantagens tangíveis em termos legais ou fiscais, apropriação imobiliária do Estado ou de outras propriedades, e acesso à apoio financeiro pelo Estado. Além disso, países com religiões estabelecidas tendem a regular mais severamente práticas religiosas, incluindo restrições de local ou banindo grupos de minorias religiosas”.
O cristianismo tem a vantagem de ser “favorecido” em 28 países dos 40 que possuem uma crença preferencial. Mais da metade do total provê fundos ou recursos para programas de educação religiosa que beneficiam a crença em questão, e um terço provê recursos para estabelecimentos religiosos.

Segundo as previsões do Pew, o número de muçulmanos será superior ao dos cristãos até 2070, quando cada uma terá cerca de 32 por cento da população mundial. 
Com informações Daily Mail

Comentário: Quantidade não significa qualidade, mas serve de parâmetro para sabermos como andam e crescem maiores religiões no mundo, entre as nações e continentes. Nestes casos as tres maiores relilgiões são monoteistas, acreditam em um só Deus. O Islamismo e o Cristianismo sejam as duas maiores do mundo, em quantidade o islamismo é conquistado e principalmente mantido com força bruta, as mulheres são submetidas a censuras e podem se casar se juntar com um mesmo homem pode ter várias mulheres, filhos etc, guerrilhas e violência de leis usos e costumes ameaças aos seus membros religiosos e civis que moram em tais províncias e regiões controladas com interesses políticos e bélico, muitos muçulmanos estão nessa condição por medo de leis da xaria e não por convicção em Deus único e salvador. 
O cristianismo na atualidade nem tanto, basicamente os homens como as mulheres só podem se casar com um só parceiro, e devido a crise econômica mundial, a redução da quantidade de filhos é evidente e certo, e pregarem a paz o amor e a justiça se tornam mais pacifico do que as duas outras religiões.
E apesar do Judaísmo ser a mais antiga das três maiores, ficou para traz com o advento do Senhor Jesus seus messias e Rei, ter sido rejeitado pela maioria de suas lideranças, Deus os ama a todos e pretende salva-los também, independente de suas crenças e valores, pois Deus não faz acepção de pessoas, Deus age segundo a fé de cada um, mas salvará quem crê no seu único e suficiente salvador e mediador entre Deus e os homens Jesus Cristo.
Quando Jesus disse.sera que quando o filho do homem voltar achará fé na terra?
Não. Será um tempo de apostasia será tempo de falsa religião de engano religioso. E isso não me surpreende. Pois assim se cumpre a volta do filho de Deus e juiz de todos. Pois muitos são chamados e poucos escolhidos.
Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.
Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
Mateus 7:12-27
Porque uma porta grande e eficaz se me abriu; e há muitos adversários. 1 Coríntios 16:9
E tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel. Apocalipse 21:12

domingo, 3 de setembro de 2017

A 120 anos, 10 consagrados cristãos cumpriam a profecia de Zacarias 8:23 ajudando a mudar o destino do povo judeu no estado de Israel

A 120 anos, 10 consagrados cristãos cumpriam a profecia de Zacarias 8:23 ajudando a mudar o destino do povo judeu no estado de Israel 

Foi há exatamente 120 anos que o visionário judeu Theodor Herzl convidou 10 cristãos para participares no Primeiro Congresso Sionista, a realizar em Basiléia, Suíça, aquele que daria início ao movimento sionista moderno, e em que foi para sempre traçado o caminho para o estabelecimento do moderno estado de Israel. O que Theodor Herzl e os 10 cristãos por ele convidados talvez não soubessem é que estavam a cumprir pelo menos inicialmente uma antiga profecia bíblica!
"Assim diz o Senhor dos Exércitos: Naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco" - Zacarias 8:23.

O dia 31 de Agosto assinala os 120 anos da realização do Primeiro Congresso Sionista, convocado e dirigido por Herzl. Estiveram presentes naqueles dias 208 delegados de 17 países, estando 26 jornalistas presentes para cobrir o evento para os jornais da época. 
Precedendo em 20 anos a Declaração de Balfour e em 50 anos a declaração da independência do moderno estado de Israel, o movimento secular sionista era apoiado por uma minoria de judeus. Tanto as correntes reformistas judaicas como as ortodoxas opunham-se ao mesmo.
APOIO DOS CRISTÃOS
O que surpreende é o facto de ter havido um grupo de 10 cristãos influentes a manifestarem o apoio às idéias proféticas e visionárias de Herzl para a o estabelecimento de um lar nacional para os judeus, na então "Palestina", ainda sob o domínio turco otomano. Os 10 cristãos estiveram presentes no congresso, apesar de o teor do mesmo não seguir os parâmetros bíblicos e proféticos.
O apoio cristão ao retorno dos judeus à sua Terra perdura até aos dias de hoje. Tommy Waller, líder da "Hayovel", uma organização que leva cristãos a Israel como agricultores voluntários, pensa que é um seguidor dessa ligação antiga, e por isso percebe bem o sentimento desses 10 pioneiros cristãos:
"Aqueles dez homens foram muito corajosos. Havia na altura movimentos voltados para o messianismo e que apoiavam os sionistas de então através da oração e da ação, mas naquela época o anti-sionismo era a principal corrente de opinião. Para um cristão ficar ao lado de um judeu, identificando-se com ele, era algo impressionante. E, de certa forma, ainda hoje é."
Waller explicou que ainda hoje, muitos cristãos que apoiam Israel por razões bíblicas são ostracizados pelas suas próprias igrejas. Ele sente mesmo assim que essa é uma transição que os cristãos têm de fazer. A própria existência do estado de Israel está transformando a Igreja, desafiando a "teologia da substituição", que para Waller e para muitos cristãos bíblicos é um doentio e insustentável aspecto do cristianismo.
"O teste real à teologia da substituição acontece quando os cristãos começam a ter a humildade de irem ter com um judeu e dizer: 'Estou contigo, estamos trabalhando juntos.'"
CRISTÃOS QUE ENCORAJAM JUDEUS A VOLTAREM PARA A SUA TERRA
"Ao longo de toda a História têm havido cristãos que têm encorajados os judeus a fazerem o que é certo e começarem a mover-se na direção de Israel. Essa é a nossa tarefa enquanto não-judeus. Rodear os judeus, e dizer-lhes para que não desistam. Israel não tem só a ver com o mundo judeu: tem a ver com o mundo inteiro. Os cristãos precisam dos judeus para isso" - conclui Waller.
O ANGLICANO WILLIAM HENRY HECHLER AO LADO DO JUDEU HERZL
Pouco se sabe acerca dos cristãos que participaram no Congresso de Basiléia. Mas há um que é constantemente mencionados no diário de Herzl como tendo tido uma enorme influência sobre ele e sobre o movimento sionista emergente. Trata-se do reverendo William Henry Hechler, um clérigo anglicano que acreditava na restauração do povo judeu para os últimos dias. Este homem de Deus acreditava que um grande evento iria ocorrer durante o ano de 1898 e que conduziria à restauração dos judeus. No início de Março de 1896, Hechler tomou conhecimento do livro de Herzl "Der Judenstaadt" (O estado judaico), o qual havia sido publicado escassas semanas antes. Hechler fez uso das suas ligações com políticos para apresentar Herzl a líderes e a pessoas influentes, de forma a avançar com a sua missão. Hechler escreveu obras escatológicas e fez uma verdadeira cruzada contra o anti-semitismo. 

OUTROS 9 PARTICIPANTES CRISTÃOS
Pouco se sabe dos outros 9 participantes, com excepção do último, para além dos seus nomes e localidades de origem. Eis os nomes: tenente-coronel C. Bentick, da Inglaterra; I.W. Bouthon-Willy, de Viena de Áustria; Maria Kober Gobat, filha do bispo protestante de Jerusalém e que contribuiu com o martelo utilizado para o arranque do congresso; o missionário protestante alemão, Pr. Johann Lepsius, de Berlim, Alemanha; barão Maxim von Mantueffel, de St. Michele, França, que mantinha uma quinta agrícola para a formação de jovens agricultores judeus; o reverendo John Mitchell; professor Paul Speiser, membro do parlamento suíço e presidente do Conselho Nacional Suíço; o autor e professor F. Heman, de Basiléia, e Henry Dunant, o famoso co-fundador da "Cruz Vermelha" agraciado em 1901 com o Prémio Nobel da Paz, e declarado "cristão sionista" pelo próprio Theodor Herzl. Dunant foi um confesso protestante tremendamente influenciado pelo seu conhecimento da Bíblia.
Fonte: Shalom Israel e Últimos acontecimentos

Comentário: Aleluia esta profecia se cumpriu, conforme disse as escrituras sagradas;"Assim diz o Senhor dos Exércitos: Naquele dia sucederá que pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco" - Zacarias 8:23.

Aquela forma de segurar na orla da roupa, era uma forma simbólica que os judeus e alguns cristãos faziam, para confirmar algo de valor de importância, com seu próximo e dizer que estavam unidos pelo mesmo intento, neste caso pelo mesmo idenal e Espirito, mesmo pesamento de por u  só a saber Deus, querendo eles dar cumprimento a revelação bíblica, e profética, daquele movimento Sionista. 
Para quem não sabe o que significa Sionista eis a interpretação a luz da bíblia sagrada: O termo "sionismo" é derivado da palavra "Sion" (em hebraico: ציון), que, em hebraico, quer dizer elevado. Originalmente, Sião ou Sion era o nome de uma das colinas que cercam a Terra Santa, onde existiu uma fortaleza de mesmo nome. Durante o reinado de David, Sião se tornou um sinônimo de Jerusalém ou da Terra de Israel. Em muitas passagens bíblicas, os israelitas são chamados de "filhos (ou filhas) de Sião".
No Livro de Isaias, o nome de Sião figura diversas vezes como equivalente para todo aquele que crê no Deus de Israel: Por amor de Sião não me calarei, e por amor de Jerusalém não me aquietarei, até que saia a sua justiça como um resplendor, e a sua salvação como uma tocha acesa (Isaias, 62-1).
Segundo a enciclopedia Wikipedia O sionismo (em hebraicoציונות Tsiyonut) é um movimento político e que defende o direito à autodeterminação do povo judeu e à existência de um Estado nacional judaico independente e soberano no território onde historicamente existiu o antigo Reino de Israel (Eretz Israel).
O sionismo é também chamado de nacionalismo judaico e historicamente propõe a erradicação da Diáspora Judaica, com o retorno da totalidade dos judeus ao atual Estado de Israel. O movimento defende a manutenção da identidade judaica, opondo-se à assimilação dos judeus pelas sociedades dos países em que viviam.
O sionismo surgiu no final do século XIX na Europa Central e Oriental como um movimento de revitalização nacional e logo foi associado, pela maioria dos seus líderes, à colonização da Palestina. Segundo o pensamento sionista, a Palestina fora ocupada por estranhos.[1] Desde a criação do Estado de Israel, o movimento sionista continua a defender o estado judeu, denunciando as ameaças à sua permanência e à sua segurança.
Em uma acepção menos comum, o termo pode também se referir ao sionismo cultural, proposto por Ahad Ha'am, e ao apoio político dado ao Estado de Israel por não-judeus, tal como no sionismo cristão.
Os críticos do sionismo o consideram como um movimento colonialista ou racista.[2] Os sionistas rebatem essas críticas, identificando o antissionismo com o antissemitismo.
Veja outros assuntos relacionados neste blog:

JUDEUS VOLTAM PARA ISRAEL EM NÚMERO RECORDE



quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O que pode significar o eclipse do dia 21 de Agosto?! Vídeo revela coisas interessante

O que pode significar o eclipse do dia 21 de Agosto?! Vídeo revela coisas interessantes

#Eclipse da próxima segunda-feira dia 21 de agosto ocorrerá quando o sol e a lua estiverem exatamente sobre a estrela regulu, pequeno rei!

Esta estrela regulu, segundo a astronomia é conhecida como o "coração do leão" e o seu nome significa "pequeno rei". Esta estrela tornou-se muito conhecida após o início dos anos 2000 após a descoberta de um astrónomo amador sobre a "Estrela de Belém" tipo a que anunciou a chegada de Cristo ao mundo.
Fiquei alarmado com a posição das estrelas no céu no dia seguinte, em 21 de agosto deste ano, tem grande revelação astronomia com a palavra profética bíblica! 
Fiquei alarmado com a posição das estrelas no céu no dia seguinte, em 21 de agosto deste ano! Esta imagem é um programa de computador que ensina a localização deslumbrante de onde o sol eclipsar este ano no ...
A imagem acima mostra onde o sol será obscurecido e escureceu a Terra no próximo dia 21 de segunda-feira.
De acordo com uma pesquisa rápida que fiz, a partir de 10 cidades norte-americanas de que o eclipse será o melhor é, por exemplo, Nashville (assunto: http://www.infobae.com/america/eeuu/2017/08/03/los-10-mejores-sitios-de-eeuu-para-ver-el-eclipse-solar-total-del-21-de-agosto/A partir deste ponto, eu abri o programa Stellarium e posicionado a Lua nesta data, e tinha uma surpresa enorme!
A posição em que o Sol obscurecerá ser o mesmo local onde os pesquisadores astrônomos disseram no dia do nascimento de Cristo! A constelação Leon (considerado pela astronomia Constellation King) apenas para a estrela Regulus desta constelação (Regulus significa "pequeno rei"). No dia acredita-se que Cristo veio ao mundo pela primeira vez, o planeta Júpiter (considerado o rei dos planetas) foi posicionado ali.
Gravei um vídeo SOBRE A RELAÇÃO QUE ESTÁ PARA BAIXO (Embora seja em Português, mas as legendas pode ser ativado). Mesmo neste mês de agosto eu atirar-lhes o mesmo vídeo em espanhol. Em todas as investigações em 23 de setembro de 2017. Onde o grande sinal do capítulo 12 Revelação estará no céu!
Neste vídeo, discuto ensinando os links na investigação da data provável do nascimento de Cristo e da misteriosa 23 de setembro - o dia da Festa das Trombetas é comemorado em Israel.
Mas, desta vez, no dia seguinte em 21 de agosto, haverá escuridão precisamente nesta posição do Céu. 
Então, agora, o que pode acontecer?
Compartilhe esta mensagem
Comentário: Já de antemão, venho dizer que o autor do artigo, e do vídeo, não está afirmando ou decifrando o dia, mês e ano sobre a volta do Senhor Jesus, antes, revelações que confirmam o que a palavra de Deus já a muito tempo falava e revelava sinais, prodígios nos céus, na natureza, sobre a o reino dos céus, sobre a mulher e seu filho, sobre o reinado de Cristo, sobre as nações, sobre as festas judaicos, e este evento culminará em grandes datas históricas e marcantes do povo de Deus. O texto base para os desdobramentos a seguir em especial no livro de Apocalipse capitulo 12 que significa revelação: E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça. Apocalipse 12:1
*21 é ano novo judaico, e muçulmano?! Será que terá alianças entre os povos e Deus e quem será este? 
*70 anos do ressurgimento de Israel. 
*50 anos da conquista de Jerusalém, ano do jubileu. 
*500 anos da reforma protestante. 
E dia 22 e dia 23 de setembro 2017 também cai na data festiva judaica a festa das trombetas, nos alinhamentos celestiais planetários o ano do jubileu.   
Veja outros assuntos neste blog:

QUARTA LUA DE SANGUE DIA 27/28 DE SETEMBRO

2015 EVENTO JUDAICO E SINAL PROFÉTICO DA

2ªVINDA DE CRISTO


AS LUAS SANGRENTAS!!!! DE 2014 E 2015

E SOBRENATURAL: JUDAICAS COMO CRISTAS LUAS DE SANGUE NAS FESTAS

Sinal Profético do Apocalipse? Rio Eufrates está secando


sábado, 22 de julho de 2017

Martinho Lutero em gibi em quadrinhos é celebrada pela igreja Luterana de SC


Martinho Lutero em gibi em quadrinhos é celebrada pela igreja Luterana de SC

"Martim Lutero - a reforma em quadrinhos" faz parte de uma séria de ações em comemoração aos 500 anos da Reforma Luterana


Igreja Luterana cria gibi dos 500 anos da Reforma




A Igreja Evangélica de Confissão Luterana de Brusque (SC) está comemorando os 500 anos da Reforma Luterana de uma forma inovadora. Foi criada uma revista de história em quadrinhos (gibi) chamada “Martim Lutero – a reforma em quadrinhos”.
A ação “Uma história em movimento” procura propagar um pouco mais da história de Martinho Lutero, líder da Reforma Protestante realizada na Europa no século XVI, após criar as 95 teses em 31 de outubro de 1517.
A publicação não é extensa e pode ser facilmente lida em sete minutos. São 50 exemplares que estão sendo distribuídos nos cultos da igreja.
A ideia é que a pessoa receba o gibi, leia, assine seu nome em algum local da revista e passe para outra pessoa, que deve realizar o mesmo procedimento. A iniciativa é voltada para toda a população, não é restrita aos membros da Igreja Luterana.
O pastor Edélcio Tetzner explica que o objetivo é permitir que a comunidade conheça a história de Lutero de uma maneira dinâmica, já que a revista tem uma linguagem simples e de fácil compreensão. “Estamos propondo olhar para um pouco da história deste líder religioso que trouxe uma contribuição positiva para o Cristianismo”, destaca.
Pastor Tetzner ainda acrescenta que o foco central são as Sagradas Escrituras. “Trazemos apenas um extrato da história, não queremos apontar para Lutero, mas para o que ele descobre, que é o valor da palavra de Deus, da Bíblia”.
Qualquer pessoa que quiser a revista também pode encontrá-la na sede da paróquia Bom Pastor, na avenida Monte Castelo, 25, no Centro. Mais informações no 48 3351-1968.
O material foi concebido pela União Paroquial Luterana de Blumenau e a iniciativa da ação é dos pastores Tetzner e Claudio Siegfried Schefer. 
Com informações de O Município e Gospel Prime
Comentário: Eu acredito ser valido, toda forma, de divulgação e meios de informação por meio da palavra de Deus e da história da igreja do cristianismo, e esta forma de divulgação por meio de gibi, ilustrada na revistinha em quadrinho, é ótima, porque alcançará vidas, pois o evangelho é simples e pratico, e pode alcançar religiosos, como incrédulos, e pessoas não religiosas que não leem livros, poderão ser abençoados com a história de um reformador da igreja, Martinho Lutero que muito contribuiu, e ajudou a história do cristianismo, dando a  oportunidade a todas as classes sociais de sua época, lerem, estudarem e meditarem e quem sabe se salvarem, que só pela graça, só pela fidelidade, só pela fé, só pela palavra de Deus nos amou e nos salvou! 

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Samoa oficializa ser um estado cristão

Samoa oficializa ser um estado cristão

Parlamento mudou a constituição e poderá proibir o islamismo


Com 75% da população se declarando evangélica e 23% católica, Samoa é um Estado soberano da Polinésia na Oceania, formado por várias ilhas, sendo as principais Savai’i e Upolu. Ela foi parte da Nova Zelândia até 1962.
Escudo e bandeira da Samoa

Temendo uma invasão do Islã, o primeiro-ministro Tuilaepa Malielegaoi explicou que o governo está preocupado com as “guerras religiosas” que ocorrem atualmente em um nível global, resultando em guerras civis dentro das nações.
Por isso, o Parlamento da Samoa aprovou recentemente uma lei que altera a Constituição. O país passou a ser oficialmente um Estado cristão. Entre os 49 representantes do Parlamento, 43 votaram a favor da proposta.
Samoa já tinha uma referência ao cristianismo na Constituição, afirmando que a ação do governo deveria estar “dentro dos limites prescritos pelos mandamentos de Deus” e também que sua sociedade é “baseada em princípios cristãos”.
Antes, o primeiro artigo da sua Constituição declarava que “Samoa é fundada em Deus”, mas essa expressão poderia ser aplicada a todos os grupos religiosos. Termos similares são usados pela Indonésia, de maioria muçulmana.
Na versão atual, o artigo 1 do texto constitucional estabelece: “Samoa é uma nação cristã, fundada em Deus Pai, Filho e Espírito Santo”, mostrando um entendimento especificamente cristão de Deus, sem margem para interpretação de outros grupos religiosos, governo ou judiciário.
Curiosamente, nem a Lei Fundamental do Estado da Cidade do Vaticano, considerada a Constituição do Vaticano declara a cidade-Estado uma nação cristã.

Islã proibido

O Secretário Geral do Conselho de Igrejas de Samoa, pastor Ma’auga Motu, está usando esse argumento para pedir que o Islã seja proibido. O censo de 2001 indica que existem cerca de 50 muçulmanos no país, representando 0,03% da população. Todos frequentam a única mesquita edificada nas ilhas.
Outro aspecto que chama atenção é que, com essa alteração constitucional, os líderes samoanos querem evitar que pressões externas introduzam mudanças significativas na sociedade local.
Uma das questões levantadas durante os debates no Parlamento era o reconhecimento de casamentos entre pessoas do mesmo sexo, algo que agora ficou impossível de ser aprovado.
Fontes das informações Christian Post e The Diplomat e Gospel Prime.
ComentárioSe a Bíblia Sagrada for a regra de fé e vida do povo da Samoa, pode crer, quem não é cristão não será jogado em uma fogueira, mas sera alvo de evangelização oração e compaixão pelos cristão, é isso que ensinou Jesus, a Bíblia em nenhum momento ensina ou incentiva a violência, vingança como faz o Islã, que persegue, quem os que professam ser de outra religiões. 
Procurem ler mais sobre esse pais chamado Samoa e verão que depois que eles se declararam seguidores do evangelho esse país passou por uma profunda transformação, cumprindo-se o que diz o Salmo " Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor".
Salmos 24:1 Do SENHOR é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam.
Deuteronômio 30:19 Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,
Filipenses 2:5 De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
6 que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus.
7 Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
8 e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.
9 Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome,
10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.