Para traduzir / to translate

quinta-feira, 9 de março de 2017

Legalização da maconha aumentou o tráfico de drogas e outros crimes no Uruguai

Legalização da maconha aumentou o tráfico de drogas e outros crimes no Uruguai

Em dezembro, a Brigada de Narcóticos indicou que a droga mais confiscada em 2016 foi a maconha, chegando a 4,305 toneladas até dezembro de 2016


O Diretor Nacional de Polícia do Uruguai, Mario Layera, disse nesta terça-feira que a legalização da maconha, aprovada em 2013, não implicou diretamente na queda do tráfico desta droga e que o narcotráfico aumentou o número de assassinatos.
“No ano passado tivemos os níveis históricos mais altos de confisco no país proveniente de outra região. Por isso, entendemos que o tráfico para o Uruguai não se ressentiu de maneira notável”, comentou Layera em entrevista à rádio El Espectador, sobre a vigência da lei.
Em dezembro, a Brigada de Narcóticos indicou que a droga mais confiscada em 2016 foi a maconha, chegando a 4,305 toneladas até 18 de dezembro, sendo que em 2015 havia sido de 2,52 toneladas.
Layera também sustentou que pelo tráfico de drogas constatado nos últimos tempos, houve um aumento “dos níveis de crimes e homicídios”.
“O aumento da taxa criminal, que medimos de 2005 em diante, foi crescendo com base nos fenômenos de oferta e consumo de drogas”, indicou.
Nos últimos anos a polícia verificou o aumento de assassinatos, principalmente de homens jovens, que em muitos casos se tratavam de ajustes de contas entre pessoas ligadas ao tráfico.
Layera também falou que há autoridades ameaçadas por conta das novas estratégias e medidas aplicadas para combater o crime organizado.
“Várias autoridades do Ministério do Interior foram ameaçadas além de juízes, procuradores e algumas personalidades dos Direitos Humanos”.
Fonte EXAME
Comentário: Podemos ver e saber que esta tal liberação da maconha no Uruguai, não diminuiu e sim aumentou mais do que o dobro do ano de 2015 para 2016, o trafico de maconha, consecutivamente outros crimes agregados ao trafico de drogas, aumentam o numero de assassinatos ligadas ao narcotráfico, e ameaças a autoridades constituídas, como juízes, procuradores, e pessoas ligadas aos direitos humanos.
Já vimos aqui em outra postagem, que a exemplo da Holanda, arrependida por que liberou o uso de maconha e a prostituição, só aumentou os níveis de pessoas viciadas, doentes e desempregadas.
É por estas e outras que eu sou contra a legalização da maconha, e consecutivamente contra a legalização das drogas. Além disso, outros flagelos e problemas estão atrelados, como a corrupção, de agentes de segurança como o crime organizado, pessoas viciadas doentes em hospitais e clinicas, furtam porque ficam desempregados e carecem, sustentar o vicio, e com toda sorte de problemas sociais, culturais e espirituais. 
Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente. Isaías 40:8
NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam o que é mau.
Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura.
Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.
Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração.
Salmos 37:1-4

Nenhum comentário: