Para traduzir / to translate

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Janaína Paschoal no senado declarou Deus iniciou o impeachment da Dilma

Janaína Paschoal no senado declarou Deus iniciou o impeachment da Dilma

Por Jarbas Aragão
Uma das principais figuras no processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, a advogada Janaína Paschoal foi a primeira a falar na sessão de debate na manhã desta terça-feira (30).
Ao rebater os argumentos de que houvesse algum tipo orquestração para o início do processo, Paschoal, que assinou o pedido original junto com o dr. Hélio Bicudo, desabafou. “Eu acho que se tiver alguém fazendo algum tipo de composição neste processo é Deus”, afirmou.
“Foi Deus que fez com que várias pessoas, ao mesmo tempo, cada uma na sua competência, percebessem o que estava acontecendo com nosso país e conferisse a essas pessoas coragem para se levantarem e fazerem alguma coisa a respeito”, assegurou na tribuna do Senado.
Seu discurso durou cerca de uma hora. Ela também questionou a honestidade da acusada.
“Não me parece honesto dizer para um povo que existe dinheiro para continuar com programas que para esse povo são essenciais, quando já se sabe que eles não existem”, disparou.

Uso recorrente do nome de Deus

Não é a primeira vez que o nome do Senhor é usado nesse processo político que se desenrola no país desde o ano passado. Possivelmente foi a palavra mais usada durante as justificativas de votos dos deputados favoráveis à continuação do processo naquela Casa dia 17 de abril.
No dia em que assumiu interinamente, o presidente em exercício Michel Temer (PMDB) afirmou: “Deus me deu uma missão, que eu ajude a tirar o Brasil da crise”.
Embora já tenho declarado em outras ocasiões não crer em Deus, Dilma já apelou pela intervenção divina. Recentemente tentou (em vão) conseguir apoio do papa Francisco e pediu que os evangélicos orassem “contra o golpe”.

Cometário: Certamente como a nobre advogada e uma das relatoras do processo de Impeachment da pres.Dilma Janaína Paschoal declarou e afirmou que "Deus iniciou este impeachment" é verdade! Nas mais variadas manifestações populares nas ruas, ou nas instituições de autoridades e nas redes sociais se invocaram o nome de Jesus Cristo e versículos bíblicos e palavras de ordem, isso fica evidente, claro e cristalino que Deus estava presente neste processo! Pois o Soberado Deus é quem elege e destitui reis e governos. Toda pessoa esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus. Romanos 13:1. 

De maneira nenhuma este processo do impedimento da ex.pres.Dilma foi um golpe, até porque foram dado direitos de defensa, para Dilma, tanto na câmara dos deputados como no senado, em outros órgãos legais e constitucionais. "Pedalas fiscais" é crime de responsabilidade, editar decretos sem passar pela aprovação do congresso nacional é crime, fazer uso de caixa 2 em campanhas eleitorais é crime, o PT esteve envolvido diretamente nos casos do mensalão e Petrolão foram os maiores escândalos de corrupção do Brasil e do mundo, e fora a crise econômica em que o PT de Lula e Dilma geraram no Brasil se encontra, crise na saúde, na educação e na segurança em todas as áreas, são merecidamente caso de destituir a Dilma Vana Rosseffe da presidência e casar o PT os corruptos.

Os cristãos não podem se omitirem de opinarem e participar de alguma forma da politica, é por causa da omissão, por acharem que a politica é do diabo, que os corruPTos diabólicos, esquerdo-patas tomaram a politica e fizeram dela um circo de manipulações da população. O Brasil pelas riquezas naturais, geográficas e climáticas que temos, poderia ser um pais de primeiros mundo frente aos outros demais países, pois Deus deu na criação para o Brasil uma natureza espetacular, com as maiores reservas de águas, florestas e minerais do mundo.
Deus abençoe!

domingo, 21 de agosto de 2016

Brasil conquista o inédito ouro olímpico no futebol e jogadores deram honra e a Glória Deus

Brasil conquista o inédito ouro

olímpico no futebol e jogadores

 deram honra e a Glória Deus

Alguns jogadores falaram palavras 

abençoadas, bíblicas, apontaram para céu e 

outros deram gloria a Deus 

Neymar Jr após ter cobrado o penalte contra a Alemanha cai de joelhos e mãos erguidas para o céu, apontando para Deus chora e sorrir em agradecimento na Olimpíada 2016: A ti, toda a honra e toda a glória 🙏 ⚽ Certas coisas nunca mudam, mesmo a FIFA tendo atitude anti-democrática e anti-cristã de proibir qualquer manifestação religiosa, o nosso Neymar continua a usar a faixa na cabeça 100$ Jesus...
E o goleiro Weverton se ajoelha juntos em momento épico, espirituoso e emocionante! Os brasileiros vibraram de alegria com estas vitórias. Deus abençoe!












O goleiro Weverton se ajoelha juntos em momento épico, espirituoso e 

emocionante, deu Glória a Deus


Os brasileiros vibraram de alegria com estas vitórias Deus abençoe!

De acordo com membros do COI, "100% Jesus" não pode pois de acordo com os mesmos, manifestações 
religiosas e políticas são terminantemente proibidas, mas, mulheres vestidas de baianas macumbeiras pode, e simbolo de mão esquerda fechada simbolo comunista pode?!

Se isso não for antiocidentalismo e anticristianismo então eu não sei mais o que é.



Veja outros assuntos relacionados neste blog: 


Rede Globo de televisão tenta proibir Neymar usar faixa 100% Jesus na Copa América

JOGADORES DO ATLETICO MINEIRO AGRADECEM A DEUS DANDO GLÓRIA PELA CONQUISTA DO TÍTULO DE CAMPEÕES DA COPA DO BRASIL!

Evangelho x Futebol

VEXAME /VERGONHA/ DESONRA  ETERNA !?

DO FUNDO DO POÇO À VOLTA POR CIMA: COMO A A FÉ EM CRISTO MUDOU A VIDA DO GOLEIRO FÁBIO

BICAMPEÃO BRASILEIRO, CRUZEIRO É O "TIME DE DEUS"

CAMPEÃS DA COPA DO MUNDO DE FUTEBOL FEMININO CELEBRAM VITÓRIA GLORIFICANDO A CRISTO


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

O nadador olímpico Michael Phelps Deus o livrou do suicídio

O nadador olímpico Michael Phelps  Deus o livrou do suicídio 

Um amigo cristão e o livro [Uma Vida com Propósitos] foram algumas das maneiras usadas por Deus para tirar o campeão olímpico do que ele mesmo chamou de 'fundo do poço'




Michael Phelps é considerado o maior medalhista olímpico dos últimos tempos e afirmou que estes jogos do Rio de Janeiro serão os últimos de sua carreira. 
Nos dias atuais, o nadador Michael Phelps é citado como o atleta olímpico mais condecorado de todos os tempos, com 22 medalhas conquistadas, sendo 18 delas de ouro, em quatro Olimpíadas. Mas em setembro 2014, ele chegou a pensar em suicídio, segundo revelou a Revista norte-americana 'ESPN', em sua edição de 18 de julho.
"Eu era um trem desgovernado", disse Phelps à ESPN. "Eu era como uma bomba-relógio, esperando para explodir. Eu não tinha auto-estima. Houve momentos em que eu não queria estar aqui. Aquilo não era bom. Eu me sentia perdido".
Foi nessa mesma época que os jornais e sites publicaram uma foto sua consumindo drogas. Ele também havia sido preso duas vezes em 10 anos por dirigir alcoolizado - a última, em 30 de setembro de 2014, quando sua vida "chegou ao fundo do poço".
Os dias que se seguiram foram vividos por Phelps, principalmente em seu quarto, em sua casa de Baltimore (EUA), pensando em suicídio.
Naquela época, Phelps disse que estava pensando: "Este é o fim da minha vida ... Quantas vezes eu fiz besteiras? Talvez o mundo seria melhor sem mim".
Phelps disse que se isolou, não comia, e quase não dormiu durante pelo menos uma semana, enquanto ele continuava mantendo a ideia de se matar.
Mas então seu amigo cristão, de longa data, o astro da Liga de Futebol Americano, Ray Lewis o ajudou sair daquela situação depressiva. Lewis chamou seu amigo Phelps e lhe disse: "Este é o momento em que lutamos. É o momento em que nosso verdadeiro caráter se mostra. Não desista. Se você desistir, todos nós perdemos".
Lewis convenceu Phelps a procurar ajuda no 'Meadows', uma clínica de reabilitação comportamental, próximo de Phoenix.
Phelps atendeu o conselho de seu amigo e deu entrada na clínica de reabilitação, carregando um livro que ganhou de Lewis, "Uma Vida com Propósitos", escrito pelo pastor Rick Warren.
Após sofrer com o sucídio do próprio filho, o pastor e escritor Rick Warren e sua esposa Kay, passaram a alertar a igreja sobre questões, como esquizofrenia e suicídio. (Foto: Saddleback)

Depois de ler o livro por alguns dias no Meadows, Phelps chamou Lewis para conversar.
"Cara, este livro é muito louco!", exclamou o nadador. "A coisa que está acontecendo... oh meu Deus... meu cérebro, eu não posso agradecê-lo o suficiente. Estou 'pirando', cara. Você salvou a minha vida".
Phelps disse à ESPN que o livro o ajudou a acreditar que há um poder maior que ele e que há um propósito para ele neste planeta.
O livro de Warren também convenceu Phelps se reconciliar com seu pai distante, Fred, que se divorciou de sua esposa, quando Phelps tinha apenas 9 anos de idade.
Quando pai e filho se viram pela primeira vez, depois de tantos anos de separação, eles se reconciliaram em um grande abraço.
Depois que ele saiu do Meadows em novembro de 2014, Phelps voltou a treinar para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.
Três meses depois, ele pediu à sua namorada de longa data, Nicole Johnson, para ser sua esposa. Em 5 de maio do ano passado, Nicole deu à luz Boomer Robert, seu primogênito com Phelps. 
A lenda americana mostrou que ele ainda tem o que é preciso para ser um campeão em vários eventos, se mostrando o mais rápido nos 200m, 100m borboleta e 200m borboleta no Campeonato Norte-americano de 2015.
Enquanto ele estava comemorando seu 31º aniversário em 30 de junho, Phelps qualificou-se em três distâncias individuais e também se classificou para a equipe olímpica de natação dos Estados Unidos, nos jogos do Rio de Janeiro.
Phelps disse que os jogos do Rio 2016 serão sua quinta e última Olimpíada.

Comentário: Nos podemos ver e saber que apesar do poder de fama, conquistas de vitórias, medalhas e recordes, que o ser humano conseguiu neste mundo, não é o suficiente para trazer uma vida equilibrada, livres do uso das bebidas alcoólicas do vício, livre de escândalos, e até do laço de morte, como foi no caso deste grande nadador, Michael Phelps. 
Por meio de seu amigo Lewis convenceu Phelps a procurar ajuda uma clínica de reabilitação comportamental.
Phelps atendeu o conselho de seu amigo na clínica de reabilitação, carregou o livro que ganhou de Lewis, "Uma Vida com Propósitos", escrito pelo pastor Rick WarrenHoje este Michael Phelps é nosso irmão em Cristo regenerado, liberto do vício do alcoolismo, e teve a capacitação de perdoar seu pai, se reconciliando novamente pelos laços paternos, que a muito estavam separados pelo divorcio de seu pai com sua mãe. E ainda Deus acrescentou uma esposa, um casamento abençoado, e feliz que veio nascer  seu primogênito.

Veja outros assuntos relacionados neste blog: